IV Simpósio de Comércio Exterior – SIMCOMEX 2018     (ISSN – 2526-3277)

IV Simpósio de Comércio Exterior – SIMCOMEX 2018 – acontecerá nos dias 23 e 24 de maio de 2018 com a temática “As Consequências da Guerra Comercial entre EUA e China para o Comércio Exterior Brasileiro” que se propõe a refletir e discutir como a adoção inconsequente dos mecanismos de defesa comercial entre as duas potências pode impactar as exportações brasileiras.

Os participantes do Fórum  de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) realizado em novembro passado na cidade vietnamita de Da Nang ouviram apreensivos o discurso do presidente norte americano Donald Trump com críticas ao sistema multilateral de comércio defendido pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

Trump foi categórico ao afirmar que” “Farei acordos comerciais bilaterais com qualquer país indo-pacífico que queira ser nosso parceiro e que respeite os princípios de comércio justo e recíproco”.

Também ratificou: “Não podemos continuar tolerando os abusos comerciais crônicos, e não os toleraremos. Para dizer de maneira clara, a Organização Mundial de Comércio não nos tem tratado com imparcialidade”,

Por sua vez, o presidente chinês Xi Jingping mostrou, em seu discurso na cúpula do Apec, que buscava reafirmar seu papel de defensor do livre-comércio em nível mundial.

Os discursos antagônicos e com objetivos escusos já desenhavam um possível entrave comercial entre as duas potências mundiais com reflexos no mundo todo.

As consequências destes discursos se configuraram na aplicação de sobretaxas nas importações do aço e alumínio chinês e mais recentemente em 1300 produtos chineses pelo governo norte americano, condição essa que foi retaliada pela China da mesma maneira com a sobretaxação na importação de aproximadamente 106 produtos norte americanos.

O Brasil acompanha com interesse essa queda de braço entre os seus dois principais parceiros comerciais. Se a curto prazo pode tirar proveito com a possibilidade do aumento das exportações do seu agronegócio, a longo prazo pode ser atingido por um  efeito dominó nas relações comerciais com as demais nações que adotariam os mesmos mecanismos protecionistas já que passariam a exportar menos.

Este cenário de incertezas será o cerne do nosso simpósio que deseja promover debates acadêmicos que possibilitem as trocas de opiniões entre os especialistas da área, docentes e discentes.

Desejamos boas vindas e contamos com a participação de todos!

Comissão Organizadora